sábado, 29 de março de 2014

Caminhos de Pedra e Comprinhas

Eu sei que fico me repetindo a cada novo post... mania de mulher rsrsrs... mas, tentei muito atualizar antes e não deixar um espaço tão grande entre as postagens... Sem querer me justificar... mas depois que voltei de férias não parei um só segundo, graças a Deus! Sim, reclamo do tempo, mas sou agradecida a Deus pelo trabalho. Enfim... Quero compartilhar um pouco do Caminhos de Pedra, que fica em Bento Gonçalves RS.

Quando descobri esta possibilidade... virei uma verdadeira "sarna" para o marido, mas podem acreditar ele amou tanto quanto eu, e chegamos a conclusão que realmente valeu a pena. Não vou exagerar, e dizer que é uma Toscana brasileira, como muitos falam... mas sim, são alguns quilômetros de pura beleza e encanto, que contam a imigração italiana na região de Bento Gonçalves. Se você gosta de lugares pitorescos, com paisagens maravilhosas pode colocar no seu roteiro quando for ao Sul do Brasil.

No Caminhos de Pedra sugiro pelo menos dois dias, para visitar todos os pontos, sendo o final de semana a melhor ocasião, pois algumas casas não abrem todos os dias.  Não conseguimos visitar todas, mas fomos na maioria...


Fizemos nossa primeira parada na Casa das Ovelhas. Destaque especial para o casarão de madeira todo reconstruído. Produzem derivados de leite de ovelha, e você tem a opção de marcar a visita em um dos horários que oferecem, degustar queijos e  doce, e ainda participar, dependendo do horário que agendou, de alguma atividade com as avelhas. No nosso caso participamos da tosquia.

Minha tentativa de tosquiar... não deu certo fiquei com medo de cortar a ovelha...


Vitiaceri Uvas - Casa das Uvas

Estávamos na época da vindima, um espetáculo as parreiras...
detalhe da folha de parreira na calçada da entrada


Aqui você pode brindar com um espumante de fabricação própria, fazer um picnic, e ainda saborear a melhor cuca de uvas, pelo menos na minha opinião!!


Casa da Erva mate... não entramos, pois estava fechada.

Casa das Massas - Um lindo casarão de madeira. Vendem massas frescas e biscoitinhos variados e artesanatos. 

Restaurante Nona Ludia - Talvez a casa de Pedra mais bonita do lugar... não sei... difícil dizer, mas o lugar é lindo. No domingo, nosso primeiro dia aqui, não conseguimos almoçar, pois a fila de espera era imensa, e na segunda estava fechado. Portanto pretendo voltar um dia rsrsrsr

Aqui a Casa de Pedra que serviu de cenário para algumas cenas de O Quatrilho, filme nacional indicado ao Oscar em 1995, com Glória Pires e Patrícia Pillar. O lugar é realmente lindo!


Na casa os antigos barris de vinhos, que você pode degustar


As parreiras carregadas, e se você quiser pode colher para degustar ou ainda comprar cestas de uvas. Em outra casa eles dispõe de produtos produzidos pela família, como vinhos, salames etc...

Casa Righesso - Salumeria
Na minha opinião, das casas que recebem turistas para visitas e venda de produtos, a Salumeria, é a mais preparada. Impecavelmente restaurada. Num dos cômodos serve de exposição dos salames e degustação, tudo perfeitamente higiênico... sim em todas as casas prestei bastante atenção neste ponto, e aqui mereceu minha nota 10!

Destaque especial para o salame com uva passa!! E olha que nem gosto muito de salame!!

Casa Vanni - este lindo casarão de madeira abriga um restaurante italiano, gerenciado pela chef Jerusa Vanni. O lugar é lindo, a casa é deliciosa, e o restaurante divino!

Detalhes  do lavabo
depois do almoço você pode desfrutar ainda do espaço verde com redes convidativas e paisagem deslumbrante. Tenho que destacar o risoto ao vinho e  parma, e o sagu ao creme. Perfeitos!! Super indico, a Casa Vanni 

Para conhecer mais é só acessar o site.
Algumas casas cobram para visitação, os preços variam de 2 a 15 reais. Em algumas, se você comprar os produtos, não cobram a visitação.
Enfim, vale a pena este passeio. Voltaria, sem dúvida nenhuma!

E claro... tanto em Gramado, como em Curitiba, comprei "coisinhas" para o Atelier. Me segurei bastante, pois em maio é época de enfrentar a 25 de março, e lá é consumismo puro!!

tecidinhos e painel importado, o floral

miniaturas para usar de acessórios com as Tildas

botões Tildas, prendedor de cupcakes e mini carretéis
peças em mdf

Volto rapidinho com o resultado do trabalho destes últimos 20 e alucinados dias ...
Um ótimo e abençoado final de semana!












quinta-feira, 13 de março de 2014

A Deliciosa Gramado e Coelhas Tilda

Um pouco mais do meu roteiro de viagem...
Devo dizer que pesquisei bastante para esta viagem, primeiro porque queria aproveitar o máximo, ainda que, sempre tenho a sensação que não aproveitei o bastante... e segundo porque não queria definitivamente deixar as calças do marido em Gramado, e nem recorrer ao penhor da Caixa rsrsrsr... é isso mesmo, turismo no Brasil é um assunto delicado... tudo caro demais!! Mergulhei na internet, e com cuidado fiz o nosso roteiro e acho que aproveitamos bem. Tudo bem, escolhemos ir fora da temporada o que diminuiu muito os custos... mas, se você faz questão de visitar todas as atrações, lojas temáticas etc... prefira ir de abril a dezembro, pois de janeiro a março várias atrações fecham para manutenção. Como o nosso interesse era mais pelo lugar em si, e bem menos pelas atrações, então acho que ficamos no lucro...

Gramado é assim: tudo minuciosamente cuidado e ornamentado... eu diria que é uma cidade sem lado B!


No coração da cidade a Av Borges de Medeiros. Acredite, puro charme com as maravilhosas lojas de chocolates, galerias com vitrines de babar...ou seja, você vai e vem por esta avenida inúmeras vezes sem cansar de ver as mesmas coisas. Especialmente neste dia a temperatura caiu bastante.. para a minha felicidade!!


Neste centrinho você tem várias opções legais,  Praça Major Nocoletti, inaugurada em 1936, que te convida sempre pra uma paradinha, assim pra não fazer nada só ficar olhando quem vem e quem vai...




Ainda no centro a Igreja de São Pedro inaugurada em 1942 e segundo li, tem sua estrutura montada em pedra basáltica e arte nos vitrais. Lindíssima!


Os apóstolos na frente da igreja







 Impressionante o colorido das flores, que mesmo com o calor quase insuportável, estavam lindas... imagino que na primavera fica tudo maravilhosamente florido.




A Rua Coberta, em frente ao Palácio dos Festivais, é uma atração deliciosa, quase sempre escolhia jantar aqui. Uma rua pequena, mas que tem variedade de restaurantes, lojas, enfim, uma delícia!




O Lago Negro é uma das poucas atrações que tem entrada livre... um lugar pequeno mas lindo. Um detalhes especial... as arvores da margem foram importadas da Floresta negra da Alemanha. 




A loja Kukos, encanta...


Bem, falar de Gramado e não falar de chocolates, é impossível. Na verdade, e vou ser honesta, achei os chocolates abusivamente caros, na minha opinião de chocólatra assumida, não valem a pena, pois os preços são compatíveis aos chocolates importados, que são bem superiores... coisas de Brasil.



Aqui o Reino do Chocolates, um espaço temático da Caracol Chocolates. É um passeio interessante, conta a história do chocolate num espaço bem legal. Claro que a viagem termina dentro da loja, e é quase impossível não comprar presentinhos, porque apesar de preferir o belga e o suíço, eu não me atrevi a voltar sem chocolates para a família rsrsrs



Porém, devo admitir que o chocolate cremoso da Caracol, é a melhor coisa que já experimentei em se tratando deste vício. Realmente é de uma cremosidade  absurda, eu não quero nem imaginar quantas calorias tinham aqui...

Bem, tem muito mais, mas fica para o próximo post, que espero não demore tanto.

Nesta semana em meio a encomendas e encomendas consegui fazer duas coelhinhas Tilda.


Um ótimo final de semana a todos. 



segunda-feira, 3 de março de 2014

Lavandas nas Férias

Voltando... foram 20 dias de    férias vividos intensamente. Percorremos quase 3 mil km. Saímos de Minas, passamos por São Paulo, paradinha obrigatória em Curitiba, família, filhos e descanso pra depois despencarmos para o Sul. Optamos pelo litoral catarinense... meu Deus um espetáculo!! Mas nada se compara ao RS, sim apesar de paranaense apaixonada pelo verde do Paraná, tive que me curvar diante da beleza exagerada do RS. Pode se orgulhar Íris, o pouco que conheci do seu Estado, me fez apaixonar!!

Pretendo aos poucos colocar aqui no blog o registro desta quase aventura radical rsrsrsr, mas deliciosa. E claro vou dar dicas, pois quando me preparava para viajar,  fucei na internet e muitas dicas me foram úteis...

Sou apaixonada por lavandas, e meu sonho é conhecer os campos da França... um dia, se Deus quiser!!  Mantenho meu modesto canteirinho e minha carriola com lavandas, e quando descobri que em Gramado havia o primeiro parque de lavandas do Brasil, pirei!! Obviamente nosso roteiro começou por lá, pois havia um refrão na minha cabeça "parque lavandas... parque... lavandas... lavandas..."  Quero mostrar um pouco do que vi. Não imagine um campo como na Europa, na verdade é uma iniciativa particular, uma loja temática que teve a brilhante ideía de abrir os jardins livremente para visitas. De qualquer forma  o lugar é  lindo e  delicioso  vale a pena conhecer. 
 Vamos lá... um pouco do  Le Jardin.


A entrada já impressiona com os paredões de pinheiros de um verde intenso, pena que por causa do calorão as hortênsias estavam queimadas e havia bem poucas.

Se você gosta de verde, de paisagem maravilhosa, dos coloridos das flores, também vai se apaixonar por este jardim.


Era difícil tirar fotos, ou melhor... selecionar as fotos...

São pelo menos três estufas, onde cultivam as mudas de lavandas, suculentas e dezenas de outras espécies. Vendem as mudinhas no lugar e são muito baratas... Claro que quis comprar várias, queria levar para o hotel e cuidar delas no quarto até vir pra Minas novamente rsrsrsr, mas não deu... meu marido me convenceu que não era uma boa ideia chegar no hotel com vasinhos...

São 10 mil pés de lavanda. A florada acontece em setembro e vai até novembro, mas mesmo assim tinha flores.


Pode acreditar, o lugar é terapêutico!!

E nem é primavera... quero voltar um dia em plena primavera!





Uma escandalosa mistura de cores e perfumes...

Depois de aproveitar cada minuto deste jardim, é hora de visitar a Loja de produtos feitos com o óleo da lavanda, e  objetos de decoração. Se você gosta de penduricalhos, quadrinhos, e coisinhas cute... esse é o momento!!



Bolachinhas de lavanda... é uma delícia! Alguns ambientes montados repletos de pequenos e grandes objetos, a maioria nesta tonalidade perfeita da lavanda!



Aqui momento "hipnotizada" São cremes, sabonetes, cheirinhos e muitos objetos que te seduzem, ou tentam pelo menos...


A loja oferece também uma pequena cantina com água, refrigerante, mesinhas numa parede de vidro que você pode degustar as bolachinhas, ou o bombom de lavandas com o olhar perdido no verde!
Obviamente experimentei os dois...


E para provar que sou maníaca por lavandas fotografei alguns cantinhos da minha casa...

Alem da carriola com lavandas tenho também um canteiro pequeno. Colho as lavandas  em galhos, coloco numa caixa fechada e com furos, e deixo  secar naturalmente por quinze dias. Depois de seca quebro bem, e guardo numa lata e vou usando nos corações penduricalhos, que amo esparramar pela casa... Sei que existem vários tipos de lavanda, mas não sei exatamente o tipo que cultivo, vou pesquisar...


E para terminar este tour de cores e perfumes, algumas informações que pode ser útil pra você:


Endereço:  Rodovia, RS 115 n° 37700 - Várzea Grande - Gramado RS - Fone (54) 3286.4280 - Cep 95670-000

Como Chegar


Visitação:  A visita ao Parque é feita Terça a Domingo:  das 09:30 as 17:30
Segunda Feira: Fechado para manutenção.

A entrada é gratuita, o que é raríssimo em Gramado, na verdade só dois pontos turísticos você não vai pagar para entrar, no Parque de Lavanda e no Lago Negro.
Sei que ficou um post longo, sorry...
Volto logo com a parte 2 das férias!! Uma ótima semana, de preferência perfumada com lavanda!